BLOG

Entenda a diferença entre marcenaria e planejado

Na hora de escolher os móveis de casa é possível que surjam dúvidas sobre quais são as melhores soluções de acordo com o estilo e as necessidades dos moradores. Em geral, esse dilema fica entre a escolha da marcenaria sob medida ou dos planejados. Isso se dá pelo fato de que a maioria das pessoas desconhece diferenças, vantagens e desvantagens de cada alternativa.

Na marcenaria sob medida, o tamanho, as cores e a personalização são definidos com exatidão, segundo o dia a dia dos nossos clientes, otimizando ao máximo cada milímetro do ambiente – jamais há desperdício de espaço. Nesse caso, conseguimos propor soluções bem exclusivas e misturar com mais liberdade acabamentos. Em contrapartida, nos armários planejados, em geral, as indústrias ou os fabricantes trabalham com módulos preestabelecidos e opções que favorecem a confecção em grande escala. Algumas marcas oferecem um portfólio determinado de madeiras, vidros, ferragens, entre outros, que precisam ser seguidos.

A marcenaria traz mais vantagens, por ser uma opção bem mais flexível no projeto residencial, tanto por conta da medida quanto pela escolha dos acabamentos, pois existem diversas opções no mercado com todas as cores da tabela de tintas e todos os tipos de puxadores. O custo-benefício é outro ponto alto, uma vez que conseguimos aproveitar totalmente os espaços, fazendo com que fique totalmente personalizado para o cliente e para aquele espaço específico. No entanto, como é um trabalho extremamente artesanal, o tempo de fabricação pode demorar um pouco mais. Além disso, nem sempre encontramos um marceneiro bom e de confiança que atendam as nossas expectativas.

Já nos planejados, o prazo da instalação é menor, visto que os módulos já vão prontos para a obra, fazendo com que a montagem seja mais rápida. Outro ponto importante, é que normalmente eles possuem um processo de financiamento a longo prazo, ou seja, o cliente pode comprar um apartamento hoje e pagar em 24 vezes. Normalmente, o marceneiro não tem esse sistema de pagamento facilitado, mas ainda assim o custo é muito mais alto do que a marcenaria. O planejado peca por ter opções mais restritas tanto de acabamentos quanto nas medidas, ao contrário da marcenaria. Nós somos obrigados a adequar os módulos daquela loja específica que foi contratada. Outra desvantagem, na minha opinião, é que, normalmente, a loja de planejado tem a preocupação de vender em quantidade, então a tendência é que preencha a casa do cliente com móveis planejados, não se preocupando com o bom aproveitamento do espaço.